Pequenos shoppings, grandes serviços

Posted on 29/05/2007 por

0


por Liomar Xavier

Com uma população de aproximadamente 90 mil habitantes, Imbuí, Boca do Rio e Armação, contam com cerca de 14 pequenos shoppings. É possível, nestes estabelecimentos comerciais, comprar uma simples lembrança, ir ao salão de beleza, assistir a cultos religiosos, tirar documentos, abrir e reconhecer firma, tirar identidade, dentre outros serviços. Logo quando se chega a um desses shoppings de bairros, nota-se tranqüilidade, comodidade e até um atendimento melhor por parte dos lojistas. Em sua maioria, são os próprios proprietários que fazem o atendimento nos estabelecimentos. Um diferencial é o horário de funcionamento, das 9h às 20h, e o fato de não abrirem aos domingos, só quando estes antecedem alguma data comemorativa importante. Alguns lojistas afirmam que se houvesse uma união maior por parte da categoria na busca da divulgação na mídia e redução da carga tributária, poderia ter mais contratações.

Ana Silva, administradora do Shopping das Gaivotas, um dos mais bem localizados da região, diz que a grande diferença entre os pequenos e os grandes shoppings é a estrutura. Cada proprietário é dono das suas lojas ou boxes. O perfil do público que freqüenta é, em sua maioria, formado por moradores da região.

Um outro shopping da região que se destaca é o Caboatã shopping. Ele possui 50 lojas. Em suas instalações existe uma agência da Caixa Econômica Federal, que atrai a população de diversos bairros. Um outro atrativo no shopping é a presença da Igreja Sabedoria da Paz, que realiza seus cultos duas vezes na semana pela manhã e à noite. Um dos mais tradicionais cursos pré-vestibulares da cidade, o Ucba, também está presente no Caboatã.

O Multishop é um shopping que tem um grande diferencial: 70% de serviços e 30% comercial. Funciona dentro do Multishop um posto do SAC, um núcleo de prática em atendimento nas áreas jurídicas da FIB e uma loja de atendimento da Embasa. Um outro serviço encontrado é o tabelionato do 11º ofício, com freqüentadores que vão desde office boys até empresários buscando abrir e reconhecer firma. Alberto Moreira, 38 anos, gerente administrativo do Multishop, fala que o público é variável: “Hoje eu encontro aqui desde a classe A até a B”.
(maio de 2007)

 

Anúncios
Posted in: ECONOMIA